Bitcoin volta a ganhar força graças ao Facebook

(Internet)
(Internet)

Desde o dia da notícia de que o Facebook estaria lançando sua moeda virtual, a Libra, o Bitcoin já valorizou-se 24%.

Não é mera coincidência. Especialistas em criptomoedas acreditam que, ao contrário do que se esperava, a Libra não diminuirá a importância do Bitcoin, mas ajudará a fomentar o mercado de moeda virtual como um todo.

Como sabemos, o Bitcoin é descentralizado, não há um responsável direto. Por isso, acredita-se que, com o suporte e expertise por trás da Libra advinda do Facebook, as moedas virtuais seriam melhor adaptáveis às compras do dia-a-dia, que é o ponto fraco do Bitcoin hoje.

Conheça Libra, a criptomoeda do Facebook

Estaria o Bitcoin ameaçado?

O Facebook anunciou ontem a sua própria criptomoeda, chamada Libra.

Seria ela mais uma dentre milhares de moedas virtuais já existentes no mercado, como Etherium, Monero e Riple? Parece que não, e a resposta é óbvia: a nova moeda conta com o suporte e a estrutura tecnológica de uma das empresas mais poderosas e avançadas do mundo.

A justificativa do Facebook para a sua criação é que a nova moeda vai facilitar e dar maior segurança às transações financeiras realizadas na internet, principalmente através dos seus produtos como Whatsapp, Messenger e talvez o Instagram.

Se você se animou e quer investir na moeda, calma! Ela só deve estar no mercado em 2020.