Lista de estatais a serem privatizadas está feita

(Wilton Jr / Estadão)
(Wilton Jr / Estadão)

A colunista Bela Megale traz a notícia em seu blog no jornal O Globo de que o Ministério da Economia já fechou a lista das estatais que serão privatizadas, extintas e mantidas.

As que puxam a fila das privatizações são as empresas Correios e Eletrobrás, ambas deficitárias há algum tempo.

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) será reduzida, porém mantida. Assim como, muito provavelmente, Petrobras, Banco do Brasil e Caixa, porém sem suas subsidiárias.

Entre as extintas, certamente estará a Infraero, após a venda dos aeroportos.

A equipe econômica está aguardando apenas a aprovação da Reforma da Previdência para anunciar o pacote.

Empresas estatais brasileiras vão emagrecer

O STF julgou ontem a liminar de Ricardo Lewandowisk que proibia a venda de empresas estatais sem o aval do congresso. Ficou definido que as matrizes não podem ser vendidas sem a autorização do Parlamento. Mas as subsidiárias, que são as empresas em que as estatais possuem participação, não. Estas podem ser vendidas na canetada.

Com isso vai se cumprindo a promessa do secretário-geral das privatizações Salim Mattar, de que ao final do governo Bolsonaro-Paulo Guedes, só restarão Petrobras, Banco do Brasil e Caixa “magrinhas.”

Que estas medidas se traduzam em competição, emprego e renda, para valerem a pena.