Ações da Taurus vão sofrer hoje devido ao Senado

É possível que hoje seja um dia bem frustrante para os investidores da fabricante de armas Taurus. Pois ontem à noite o Senado rejeitou o decreto das armas de Bolsonaro, uma das suas principais bandeiras de campanha.

E não foi uma derrota apertada não. Foi acachapante! 47 contra 28. Evidência de que os Senadores não acreditam que um bangue-bangue brasileiro seria a melhor solução para a segurança pública.

As ações da Taurus têm sofrido com intensa especulação nos últimos 12 meses. Há um ano atrás, cada ação valia R$ 2,06. Em 19 de outubro, no auge da campanha eleitoral, chegou a valer incríveis R$ 12. Ou seja, se você tivesse investido R$ 1.000 a um ano atrás e vendido na eleição, teria embolsado R$ 4.250 líquidos, já descontados os impostos.

Mas aí veio a realidade da política brasileira, pois presidente não governa por decreto. Até ontem, elas estavam precificadas em R$ 3,31. A festa esfriou.