Itaú fecha 212 agências e BB vai transformar 333

App do Itaú e Banco do Brasil
(Internet)

O Itaú divulgou ontem seu último balanço trimestral. Faturou mais de 7 bilhões durante abril, maio e junho deste ano. Porém registrou o fechamento de 212 agências e anunciou a realização de um Plano de Demissão Voluntária para 6.900 funcionários.

Também ontem, o Banco do Brasil anunciou mais uma remodelagem da sua estrutura de negócio. Entre as medidas, a transformação de 333 agências em Pontos de Atendimento, locais que funcionam como escritórios de negócio (onde não circula dinheiro em espécie), além da realização de mais um PDV para enxugar o quadro de funcionários.

A razão disso tudo é: Digitalização Bancária.

Bancões não falam mais em expandir agências e pontos de atendimento. Falam apenas em expandir aplicativos e negócios online.

Não é mais o futuro. É o presente.

Futuro com cafeterias bancárias é uma ilusão

No final de março passado, visitei a cafeteria que um grande banco abriu no coração do centro do Rio de Janeiro. É de fato é um lugar muito bacana, é uma espécie de Starbucks bancária. Porém com um viés mais selecionado, elitizado.

Nada contra selecionar público e atender , mas achar que esse conceito vai segurar o fechamento das agências bancárias é ser muito inocente.

Hoje vemos agências de diferentes bancos coladas uma na outra. E sabemos que não há tanta demanda para café assim. Então SIM, as agências bancárias vão continuar fechando. Chuto que, em 10 anos, apenas metade ainda estarão de pé, e bastante modificadas.