Coronavírus atrasa, mas não muda os planos de privatização da Eletrobras

Semana passada, o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, externou seu pensamento de que os planos do governo federal para a privatização desta estatal continuam os mesmos, apesar do atraso no cronograma imposto pelo Covid-19. Ferreira Junior acredita que a matéria só será apreciada pelos deputados ao final deste ano, mas que o projeto não será modificado.

Isto confirma as grandes chances de valorização do papel até meados do ano que vem, algo em torno de 75% a partir da cotação de hoje do papel.

Eu concordo com Mansueto Almeida, quando ele diz que não se deve “privatizar por privatizar.” Porém a venda da Eletrobras também era defendida pelo governo Temer. Então é um fato que será consumado em breve.

E como não tenho poder de decisão neste assunto, só me cabe tirar algo de positivo deste evento.

Curta a página no FacebookCurta a página no Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *