Amazon quer entrar no mercado financeiro

A gigante de Jeff Bezos não quer ficar somente na intermediação de compra e venda de produtos online. Ela também quer intermediar serviços financeiros.

No momento, há intensas conversas com o seu já parceiro JP Morgan Chase para criar produtos destinados aos jovens desbancarizados – aqueles sem contas-correntes ou cartões de crédito.

Apple não traz nenhuma grande inovação

Telas maiores e baterias com um pouco mais de duração. É basicamente isso a que se resumem os novos Iphones lançados hoje pela Apple. Não é a toa que suas ações recuaram 1,24% no dia de hoje.

Desde o lançamento do Apple Watch, em 2014, que a empresa não traz uma grande inovação, apesar de ter atingido a casa de US$ 1 tri de Valuation. Ainda assim, este gadget ainda não se popularizou a ponto de fazer com que seus concorrentes gerassem e propagassem produtos similares.

Há uma certa estagnação no mundo da tecnologia.

Fintechs vieram para ficar, adapte-se

(Internet)
(Internet)

A Nubank ainda não reporta lucros em seus balanços anuais. Isso é suficiente para que alguns profissionais tradicionais do ramo financeiro fiquem proferindo por aí que fintechs não são nada mais do que uma simples moda. E que os grandes bancos vão engoli-las.

Algo semelhante aconteceu com o Napster. Ele acabou fechando, mas logo filhotes semelhantes nasceram e se multiplicaram.

A Nubank pode até acabar, mas a demanda por cartões de crédito populares sem anuidade e por empréstimos bancários com juros mais baixos e sem venda casada vieram para ficar.

Os grandes bancos vão se adaptar. Só os bancários dinossauros é que ficarão pelo caminho.

Bitcoin oscila R$ 15.000 nos últimos 6 meses

(internet)
(internet)

A moeda digital que promete (por enquanto só promete) ser um dos principais ativos do mundo nos próximos anos tem oscilado entre patamares constantes, ou seja, tem andado de lado. 

Nos últimos 6 meses, a máxima da moeda foi de R$ 38.096 e mínima, R$ 23.000. Ou seja, algo em torno de R$ 15.000. Bom para os especuladores de curto prazo, mas ruim para aqueles que esperam que seu investimento se multiplique.

Porém, é bom lembrar que há 2 anos atrás a moeda valia bem menos, cerca de R$ 1.800,00

Neste caso, a paciência pode ser uma virtude.

IBM, Apple e Google não exigem mais diploma

(internet)
(internet)

Mais um motivo para a já alta evasão do ensino superior em tecnologia aumentar ainda mais.

Google, IBM e Apple, 3 gigantes da tecnologia, já não estão mais exigindo dos seus novos funcionários o diploma universitário na área.

As empresas alegam que tecnologia pode sim ser aprendida na prática e por conta própria.

Concordo.

Salários de TI entre os maiores no EUA

profissionais_ti

O relatório anual da Glassdor, um site em que funcionários e ex-funcionários postam informações sobre as empresas em que trabalharam, constatou pelo quarto ano consecutivo o. predomínio de profissionais de Tecnologia da Informação entre os mais bem remunerados daquele país.

Só um segmento faz frente à informática: a saúde.