Por que 40% do valor do fundo Potencial é composto por hidrelétricas?

Alguns notaram que parte considerável do Potencial Multimercado é composta por 3 empresas de energia: Eletrobras, Transmissão Paulista e Afluente T. Por que isso?

Porque acredito demais no potencial do produto destas empresas, que é a eletricidade.

O mundo está cada vez mais digital. E tecnologia não funciona sem energia elétrica. Tecnologia avançando é sinônimo de demanda cada vez maior por força elétrica. Além disso, há uma expectativa de que os carros elétricos existam em maior quantidade daqui a 20 anos.

É claro que risco sempre há, como a popularização da energia solar residencial, por exemplo. Porém este é um mercado tão tímido que ainda não representa uma ameaça. E ainda que cresça, estas empresas podem adaptar-se para usar a luz solar para produzir energia.

Mas porque selecionei essas empresas de energia especificamente? Porque, dentre TODAS as empresas de energia listadas na bolsa que pesquisei a fundo, estas são as mais saudáveis e mais lucrativas.

Como anda meu fundo de investimento durante esta crise do Coronavírus

Quem acompanhou os podcasts que publiquei no meu canal do Youtube viu que aproveitei esta crise para aumentar meu posicionamento em Eletrobras e começar a investir na Afluente T. Mas e no geral, como anda o desempenho em relação ao Ibovespa?

Bom, antes de tudo, devo informar que mudei o nome do meu fundo. Não é mais Daninvest. Desde setembro, passei a chamá-lo de Potencial Fundo Multimercado, pois acredito que é um nome mais aderente à filosofia do fundo: buscar ativos em diversos mercados com alto potencial de valorização, e não apenas aquelas boas pagadoras de dividendos ou geração de caixa.

Agora o desempenho. Em 2019, alcancei uma valorização de 95% frente a valorização de 32% do Ibovespa. Sim, meus caros, foi uma valorização espetacular! E tudo pode ser comprovado pelas notas de negociação que guardo carinhosamente comigo.

Só que este ano as coisas estão mais complicadas, como sabemos. Atualmente, o fundo amargou desvalorização de 29% no 1T-2020. Porém, ainda está melhor que o Ibovespa, que fechou o trimestre negativo em 37%.

Atualmente, a carteira do fundo Potencial está composta assim:

Acredito que a bolsa já atingiu seu piso em 2020, e daqui pra frente haverá uma valorização generalizada, pois o Coronavírus está sendo controlado na Europa e no resto do mundo.

É esperar pra ver.