Não se aprende a programar em faculdade

 

Se você espera aprender a programar só quando entrar na faculdade de TI, cuidado! Pode ser uma cilada, Bino! A maioria das faculdades do Brasil tem uma teoria forte, mas a prática deixa a desejar. Tanto que muitos alunos confessam que só estão se formando parta ter o título de formado, ainda exigido por alguns recrutadores.

Pois veja este depoimento nos comentários do post acima, no Facebook:

Faço Análise e Desenvolvimento de Sistemas, estou na 4ª fase, até agora só aprendi visualg, Oracle, e HTML básico. É só encheção de linguiça. O que sei mesmo aprendi no cursoemvídeo.com.br com o professor Guanabara. Porém, no Brasil se você não tiver fazendo ou ter concluído o superior, os recrutadores nem te chamam para entrevista. (na faculdade) vão ficar falando de levantamento de requisitos, análise de negócio arquitetura de computadores, métodos de desenvolvimento. E só no final lá pela penúltima fase você vai ter contato com alguma linguagem de programação. Quer um conselho faça técnico. No curso técnico é programação do começo ao fim.”

A evasão nas faculdades de TI do Brasil

Se a evasão nos cursos universitários brasileiros é algo considerável e comum, nos cursos de Tecnologia da Informação ela é ainda mais acentuada.

De acordo com os dados do Inep, a taxa de abandono acumulada em cinco anos para os que entraram em qualquer faculdade em 2010 foi de 49%. Ou seja, de cada 100 brasileiros que sonham em obter um diploma universitário, apenas metade consegue.

E de acordo com o ex-reitor da USP Roberto Lobo, os cursos com maior desistência foram os de matemática, computação e jornalismo, nas universidades privadas, e de matemática e computação, nas universidades públicas.