Finalmente vi “Han Solo – Uma história Star Wars”

Estava aguardando ansiosamente para ver o último e mal-sucedido filme da franquia Star Wars. “Han Solo – Uma História Star Wars” é um filme com a primeira metade muito boa, mas que vai “embarrigando” da metade para o final.

Há também 2 problemas claros:

1. O filme foi lançado apenas 6 meses depois de “Star Wars – Os Últimos Jedi”. Não deu tempo de criar aquela expectativa para ver mais um filme da franquia. Por outro lado, Rogue One foi lançado 12 meses após o “Star Wars – O Despertar da Força”, e foi um grande sucesso.

2. Não dá para engolir a volta do Darth Maul. Não é qualquer coisa que fã tonto do universo expandido engole que vai dar certo com o grande público. Além do cara ter sido cortado ao meio – ao meio! – por Obi-Wan, Maul caiu de uma altura de várias dezenas de metros. Impossível alguém sobreviver nessas duas condições. Sim, foi lamentável o terem matado tão precocemente. Mas que morreu, morreu!

Mas Han Solo é um filme em que o fã se diverte sim. Vale a pena.