Ações do Banco Inter mais que dobraram em 5 meses

site_banco_inter

Quem investiu nas ações do Banco Inter (BIDI4) em sua estreia na Bovespa se deu bem! O banco abriu seu capital vendendo cada ação a R$ 18,50. Hoje ela vale nada menos do que R$ 43,22. Uma valorização de 133,62% em pouco mais de 5 meses! Um fenômeno!

Ok, quem investiu ganhou dinheiro. Mas e daí? Por que isso merece destaque?

Por causa do seu modelo de negócios.

O Banco Inter tem uma diferença crucial em relação aos grandes bancos: ele não cobra tarifas para nada! Ted, Doc, manutenção de conta… tudo isso é grátis, free, 0800! E mesmo com essa inexistente fonte de receita, o banco está sendo altamente lucrativo, principalmente devido à sua eficiente plataforma digital. TUDO é feito pelo celular ou pela internet.

Esta valorização acionária dá um importante recado aos grandes bancos: aumentem a velocidade da digitalização de seus serviços, para assim poderem abandonar mais rápido a velha ideia de empurrar  um monte de tarifas em seus clientes. Eles agora tem várias outras opções.

Bancão: adapte-se rapidamente ou definhe-se.

O poder da Endorfina, nossa droga natural

Ontem pude experimentar, depois de muitos e muitos anos, a sensação única da Endorfina. Sempre fui adepto de exercícios físicos mas, nos últimos anos, andei meio relaxado, principalmente após o nascimento da minha filha.

Esse ano voltei com tudo. Perdi um bom peso de março a maio, depois relaxei no frio, e agora estou de volta.

Durante a caminhada de ontem, resolvi dar uma corrida curta de 2 minutos. Caminhei mais um tempo e corri mais 2 minutos.

Após o término do exercício, a sensação de prazer, bem-estar e melhor disposição ficou evidente! As Endorfinas liberadas em meu cérebro me deram um barato tremendo, mesmo em pequena quantidade. Meu humor melhorou, me senti mais jovem e mais disposto para fazer as tarefas do dia-a-dia.

Estou viciado. Quero correr todos os dias!

Como estou gordinho ainda, não posso abusar, senão sobrecarrego minhas articulações. Mas quero diariamente essa pequena dose da droga natural do ser humano. E com o tempo aumentar.

Viva a Endorfina!